segunda-feira, 23 de julho de 2012

Ah, você...

Simples, perfeita, bela
Você vem passando pela cidadela
Com seu ar inocente, o olhar - 
ah, o olhar!
Que bela forma de se apaixonar
Esse sorriso singelo, que ternura
Como se só existisse a formosura
Da mais fina flor que toca a tez
Dessa minha fada, uma maciez
Algo que só me faz amar
Sonhar, buscar, com ternura
O caminho da capela!